Projetos

Plantas: detalhamento de light steel framing

Em um inciativa sem precedentes, a construtora gaúcha Melnick Even em parceria com a Imecon construiu em tempo recorde um condomínio híbrido de alvenaria estrutural sobre laje radier e terceiro pavimento de light steel framing. O projeto ilustrou a capa da edição de outubro da Revista Téchne e venceu um desafio de prazo de entrega graças à intersecção de etapas de execução da obra. Para que o encaixe da estrutura

Plantas: juntas de dilatação e movimento de terra

Embora de grande magnitude, o chamado “Trevão de Ribeirão”, como foi apelidado assim que as obras começaram, teve detalhamento minucioso nos desenhos técnicos para a execução correta de cortes e aterros para a implantação do conjunto de viadutos. A geometria final dos viadutos foi obtida com o auxílio do software Power Civil, da Bentley Systems. Cada um dos oito viadutos tem tamanho diferente. “Eram curvos, com largura variável, esconsos, alguns

Plantas: sistema de vedação vertical externo (SVVE)

Executado pela Morar Construtora, o residencial Aldeia da Colina, em Colatina, Espírito Santo, foi construído com o sistema Light Steel Frame. Concluído em maio de 2016, o projeto das casas teve ensaios de todas as etapas de execução feitos nos laboratórios da Teses Engenharia. O detalhamento do sistema foi fundamental para a execução correta de todas as camadas dos painéis de vedação das casas. Os perfis de aço zincado receberam

Plantas: detalhamento de sistema refrigerado sob piso elevado exige cuidado dos arquitetos

Bruno Moraes, arquiteto, propôs para um ambiente corporativo um sistema de piso elevado afastado 50 centímetros do contrapiso. O vão gerado pela distância entre as superfícies abrigou o sistema de ar-condicionado do escritório. Esse tipo de solução, pouco difundida no Brasil, rende pontos em rankings internacionais de certificação por sustentabilidade. Para dar acabamento ao piso, Moraes lançou mão de carpetes em placas para as salas de reunião e porcelanato na

Estrutura provisória assegura substituição de cabos de aço em ponte pênsil em São Vicente (SP)

Pioneiro no Brasil, o método de substituição de cabos de aço por meio de uma estrutura provisória garantiu a restauração do cartão postal de São Vicente conservando as características originais do momunmento tombado. Cada elemento da estrutura auxiliar foi construído ao lado do correspondente já existente na ponte. “Quando a gente tira o esforço do cabo da ponte definitiva, a gente vai transferindo aos poucos para o provisório. Por isso

Plantas: caixilharia

Casas muito próximas exigiram dos arquitetos de condomínio horizontal no bairro do Brooklin, em São Paulo, caixilharia especial. A solução proposta pelo escritório Pessoa Arquitetos se apropriou de um elemento típico da arquitetura colonial portuguesa: os muxarabiês, que funcionam como uma espécie de veneziana. Especialmente criado para garantir a privacidade das casas, o muxarabiê é formado por placas de madeira freijó composta de réguas na horizontal e vertical. As réguas

Plantas: acabamento indicado no corte

Alinhamento das juntas do revestimento cerâmico do piso com o da parede é explicitado em legenda do corte do conjunto. O projeto dos quisques da orla do Leblon, bairro nobre da capital fluminense, O fechamento externo é feito com chapas de aço córten na porção inferior, e na superior com vidro curvo de segurança, que age como quebra-vento, sem prejudicar a visibilidade para a praia. Com uma área de 9

Plantas: coluna metálica

Projeto dos arquitetos Gustavo Correia Utrabo e Pedro Lass Duschenes, do escritório Aleph Zero, a cobertura retrátil, embora aparentemente complexa, ganha fôlego graças à simplicidade do projeto que revitalizou o Mercado Público da capital catarinense interferindo o mínimo na construção original. Sustentada por apenas duas colunas metálicas, a cobertura de duplo balanço, elevada nas extremidades, protege os usuários da chuva e do sol intenso sem bloquear a vista das fachadas

Plantas: madeira e vidro

Projetado pelas arquitetas Ana Luisa Rolim, do escritório Coletivo-rt, e Juliana Santos, o restaurante Anjo Solto, na capital pernambucana, executou um retrofit e adaptação de casa modernista da década de 1960. O elemento-chave da intervenção foi a madeira pínus, ecologicamente correta, de reflorestamento. O material de fácil manuseio e trabalho compôs a adega-vitrine, ponto focal do projeto de interiores. “O espaçamento necessário à acomodação das garrafas de vinho foi usado

Plantas: laje e piso

Irregularidades na superfície que recebe a caixilharia podem ser a origem de muitas patologias. Vazamentos são comuns nas frestas que eventualmente forem detectadas entre os perfis. Quando o vão é uma parede rebocada e pintada, por exemplo, fica mais fácil corrigir eventuais problemas na nivelação da superfície antes da instalação do caixilho. Nessa obra, projetada pela arquiteta Bárbara Becker em Pato Branco (PR), a laje exposta constitui um elemento dificultador.