Publicidade

Materiais e ferramentas

Melhores Práticas - Cálculo de Tinta

Escolha do material adequado e preparo correto da superfície ajudam no rendimento e diminui o desperdício durante a aplicação. Saiba como otimizar o uso das tintas durante a obra

Isadora Macedo
Edição 106 - Abril/2017

Calcular a quantidade de tinta necessária para a obra parece simples. Mas não é incomum perceber, ao final do trabalho que sobrou ou faltou material. Atualmente, diversos fornecedores do mercado oferecem aplicativos para celular ou ferramentas em seus sites para o cálculo automático da quantidade de tinta necessária. 'Para isso, basta que o consumidor aponte qual tipo de superfície será pintada, o produto que será utilizado e inclua a extensão da parede. Após a inserção dessas informações, essa ferramenta apresenta automaticamente o número de embalagens necessárias', explica Henrique Ramos, Gerente de Serviços ao Mercado e Atendimento ao Cliente Suvinil. No entanto, embora esse tipo de dispositivo auxilie na questão do cálculo de quantidade, depende, por exemplo, do número de demãos que o profissional imagina serem necessários para um acabamento primoroso. 'Quanto melhor o preparo da superfície, melhor a cobertura e a qualidade final da pintura', alerta Ramos.

Antes de iniciar o processo, é fundamental lixar as superfície o suficiente para abrir os poros e retirar o brilho da tinta anterior. 'Isso facilita a absorção do produto. É importante lembrar que a remoção do pó deve ser feita antes da aplicação da tinta, com uma escova ou pano úmido', completa.

Conteúdo exclusivo para assinantes da Equipe de Obra

Outras opções

Publicidade