Instrumentos de medição | Equipe de Obra

Publicidade

Materiais e ferramentas

Instrumentos de medição

Saiba quais são os instrumentos de medição mais importantes e para que servem

Valentina Figuerola
Edição 2 - Agosto/2006
Refazer um serviço que foi executado de maneira incorreta traz atrasos e mais gastos. Por isso, os instrumentos de medição são fundamentais. Eles indicam se uma parede está plana, as medidas exatas dos materiais como blocos e tijolos e muito mais. É muito importante que esses equipamentos estejam sempre em perfeitas condições de uso, limpos, verificados e calibrados. No caso de equipamentos utilizados por subempreiteiros ou de laboratórios contratados para a realização de algum controle em obra, deve-se exigir a apresentação de laudos que comprovem que está tudo em ordem. Trena Função principal: determina as medidas de paredes, pisos e componentes construtivos. Do que é feita? Pode ser metálica ou de fibra sintética. Como deve ser usada? Fixa-se a extremidade da trena no marco 0 e mede-se a extensão que se deseja.Para a medição ser exata, são necessárias duas pessoas. A trena digital possui as mesmas orientações da trena comum, mas faz medições digitais com mais precisão. Quem usa? Engenheiro, mestre, encarregado, estagiário, almoxarife, pedreiros, carpinteiros. Esquadro Função principal: determina se os planos medidos estão com ângulo reto (ângulo de 90º). Do que é feito? De madeira, acrílico ou alumínio. Há vários tamanhos. Como deve ser usado? Para medir, encosta-se um dos lados (catetos) em um plano e verifica-se se o outro lado do instrumento está bem alinhado com o plano medido. Quem usa? Engenheiros, mestres, oficiais, encarregados, estagiários. Marcelo ScandaroliNível Função principal: determina o nivelamento. Do que é feito? Pode ser metálico ou de material plástico. Há diversos tamanhos de níveis, inclusive acoplados a outros equipamentos, como a régua com nível de bolha acoplado. Como deve ser usado? Fixa-se um ponto onde se deseja verificar o nível em uma das extremidades e, com a outra, mede-se o nível da água até o desejado. Quem usa? Oficiais, engenheiros, encarregados, mestres-de-obras. Nível alemão ou de mangueira: usado em blocos e cintas de fundações, fiadas de alvenaria, fôrmas de vigas e lajes, acabamentos de pisos, nivelamento de portas e janelas, azulejos. Veja alguns tipos de níveis: Régua técnica com nível de bolha acoplado: usado para alvenaria e revestimentos, além do alinhamento e nivelamento de fôrmas e peitoris. Nível de bolha com ímã para peças metálicas: usado para aprumar e nivelar escantilhões e peças esbeltas. Prumo Função principal: determina a verticalidade. Do que é feito? Tem um peso de metal preso a uma extremidade de um cordão de náilon. Como deve ser usado? Encostar o cordão no local (parede, pilar) a ser verificado e soltar o peso, checando se o plano (parede, pilar) está paralelo ao cordão. Caso esteja, significa que está no prumo, ou seja, a 90º em relação ao piso. Quem usa? Oficiais, encarregados e mestres-de-obras.Instrumentos gentilmente cedidos pela Equipaobra e Tramontina Régua Função principal: determina se a superfície está plana e alinhada. De que é feita? Em geral, de alumínio, que é o material mais indicado. Como deve ser usada? Coloca-se uma das faces sobre a superfície a ser verificada para checar as diferenças. Deve ser guardada em local seco e arejado. Quem usa? Engenheiros, pedreiros, encarregados, estagiários, almoxarife. D I C A S Ú T E I S 1 Todo material que chega na obra é medido. Se não estiver em conformidade é devolvido ou trocado. 2 Todos os equipamentos devem ser calibrados para serem sempre precisos.A etiqueta indica a data da última calibragem. 3 O verificador de prumo é utilizado em conjunto com a régua de nível e prumo e ajuda a aferir a verticalidade das fôrmas dos pilares sem que as travas horizontais atrapalhem a operação. 4 A régua com nível de bolha acoplado, ou régua técnica, também serve para verificar o prumo. 1 3 4 2

Veja também

aU - Arquitetura e Urbanismo :: aU Educação :: ed 244 - Julho de 2014

TCU de Alagoas, de João Filgueiras Lima, Lelé

aU - Arquitetura e Urbanismo :: aU Educação :: ed 244 - Julho de 2014

Anália Amorim e a aplicação dos ensinamentos de Lelé na Escola da Cidade