Argamassa de assentamento | Equipe de Obra

Publicidade

Obras

Argamassa de assentamento

Veja como evitar perdas de material para executar alvenaria

Ubiraci Espinelli Lemes de Souza
Edição 2 - Agosto/2006
37 Veja como evitar perdas de material para executar alvenaria da Universidade de São Paulo Oconsumo de argamassa para assentar alvenaria pode variar bastante por causa da quantidade de juntas a preencher e do consumo de argamassa para cada junta preenchida. A quantidade de juntas que devem ser preenchidas depende do tamanho dos blocos e tijolos, e da decisão de preencher ou não as juntas verticais. Por exemplo: para uma parede feita com blocos de 19 x 39 cm, com preenchimento apenas das juntas horizontais, haverá cerca de 5 m de junta de assentamento para cada m2 de alvenaria. Se forem usados tijolos de 5 x 20 cm, com preenchimento total das juntas horizontais e verticais, haverá cerca de 25 m de juntas para cada m2 de parede. Para cada metro de junta de assentamento o consumo de argamassa pode ser diferente. Esse consumo depende do tipo de ferramenta usado para colocar a argamassa nos blocos e tijolos, da habilidade do funcionário, do tipo de argamassa e do tipo de bloco ou tijolo. Tem-se encontrado valores que variam de 0,7 a 4,5 litros de argamassa por metro de junta. O que se gasta com as juntas influencia no consumo de argamassa para a alvenaria: tem-se encontrado valores de 5 a 35 litros de argamassa por m2 de alvenaria assentada. Um bom projeto, junto com uma supervisão adequada do trabalho podem diminuir perdas de argamassa para assentar da alvenaria. 50% FA Ç A A S S I M ! Marcelo Scandaroli Usar uma bisnaga para colocar a argamassa ajuda a economizar material.Evite o uso de colher de pedreiro. Esse tipo de ferramenta favorece o desperdício. É o valor médio de economia de argamassa quando se usa uma bisnaga, meia-cana ou tabuinha em lugar da colher de pedreiro. S A I B A M A I S Dicas para diminuir as perdas: » Utilize blocos com as medidas regulares. » Pense em um projetinho modular para a alvenaria (coerência entre o tamanho das paredes e dos blocos e tijolos, tanto na horizontal quanto na vertical). » O uso de componentes complementares é interessante. » Defina uma central de produção de argamassa dosada em obra. » Produza a quantidade de argamassa suficiente para um determinado período de trabalho. » Use equipamentos de transporte adequados. » Adote ferramentas para assentamento que minimizem o consumo (bisnaga, meia-cana, tabuinha em lugar de colher). » Treine e oriente o operário com técnicas para racionalizar o processo.

Veja também

aU - Arquitetura e Urbanismo :: aU Educação :: ed 244 - Julho de 2014

TCU de Alagoas, de João Filgueiras Lima, Lelé

aU - Arquitetura e Urbanismo :: aU Educação :: ed 244 - Julho de 2014

Anália Amorim e a aplicação dos ensinamentos de Lelé na Escola da Cidade