Divisórias sanitárias | Equipe de Obra

Publicidade

Materiais e ferramentas

Banheiros

Divisórias sanitárias

Os painéis usados para dividir cabines em banheiros estão mais leves e mais fáceis de instalar. Conheça alguns tipos de divisórias e suas vantagens

Reportagem: Flávia Siqueira
Edição 26 - Novembro/2009

Divisórias sanitárias são painéis utilizados para dividir cabines em banheiros de uso público - por exemplo, em prédios comerciais, restaurantes e shopping centers. Os banheiros mais antigos costumam ter divisórias feitas em alvenaria, revestida com azulejo ou tinta impermeabilizante. Hoje, no entanto, o mercado oferece placas de espessura reduzida, com vários tipos de materiais como granilite, laminado, placas pré-fabricadas e granito, entre outros.

As placas mais finas possibilitam melhor aproveitamento do espaço e tornam a construção do banheiro mais rápida e simples. São materiais resistentes à água, próprios para áreas úmidas.

Cada tipo de divisória possui características e vantagens próprias. Enquanto o granilite e as placas de granito ou mármore são mais resistentes, as divisórias do tipo laminado são conhecidas pela leveza e facilidade de instalação.

 

Cuidados na instalação

» Antes de furar ou cortar paredes, verifique no projeto onde estão as instalações hidráulicas. Observe os espaços entre paredes, portas, vaso sanitário definidos no projeto.
» Para facilitar a limpeza, instale os painéis e portas elevados do chão.
» Checar a quantidade e o estado dos painéis recebidos do fornecedor.
» Caso não sejam instaladas imediatamente, proteger as divisórias das intempéries e de possíveis danos.
» Utilize apenas os produtos recomendados pelo fabricante para a limpeza.

 

Você sabia?

Existem algumas normas que estabelecem medidas para cabines sanitárias. Segundo a NR 24 - Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho, cada cabine deve ter, pelo menos, 1 m² e a altura mínima das paredes deve ser de 2,10 m.

A norma de acessibilidade NBR 9050 estabelece, entre outras coisas, regras para banheiros e cabines acessíveis (usados por pessoas em cadeira de rodas e com outras necessidades especiais). Uma cabine deve ter dimensões mínimas de 1,5 m x 1,7 m, com porta de pelo menos 80 cm de largura e que abra para o lado de fora. Em caso de reformas nas quais não é possível construir cabines com esse tamanho, são admitidas algumas adaptações.

 

Tipos de divisórias sanitárias

Granito

As placas de granito são chumbadas na parede e no chão. Durante a obra deve-se proteger a superfície dos painéis, evitando riscos e manchas. É preciso tomar cuidado para não deixar, em contato com os painéis, restos de palha de aço ou de ferro, pois esses materiais podem manchar a superfície. Produtos ácidos e abrasivos não devem ser usados para limpar as divisórias.

Fotos: Flávia Siqueira
Fotos: Flávia Siqueira

Granilite

O granilite é uma mistura de cimento, granilha e pó de rochas, como mármore e granito. Os painéis são pré-moldados, com armação interna. A espessura dos painéis varia entre 3 cm e 4 cm.

A divisória já vai pronta para a obra de acordo com o projeto enviado ao fornecedor pela equipe de engenharia.

A instalação deve ser feita, de preferência, antes da colocação do azulejo e do revestimento do piso. As placas devem ser engastadas (embutidas) 3 cm no piso e na alvenaria.

Após a montagem, não é preciso aplicar nenhum produto específico sobre as divisórias. Recomenda-se apenas retirar o resíduo do rejunte com lixa 210. A limpeza deve ser feita com água e sabão neutro.

Divulgação: Art Gran Brasil

Divulgação: Art Gran Brasil

Divisórias usadas para separar cabines em banheiro de uso coletivo e áreas de mictórios em banheiro masculino

Laminada

Divisória melamínica estrutural TS (fórmica maciça)

São painéis com espessura em torno de 10 mm, fixados em perfis em alumínio e parafusados às paredes de alvenaria e ao chão. A instalação é feita sobre paredes e pisos já revestidos.

A limpeza dos painéis pode ser feita com esponja ou pano macio umedecidos com detergente neutro. Nunca use produtos químicos agressivos para limpeza das divisórias ou dos pisos.

Divulgação: Neocom System

Divulgação: Neocom System
As divisórias e prateleiras de painéis melamínicos são facilmente fixadas com parafusos

Divulgação: Neocom System

Divisória de cimento reforçado

A placa é produzida a partir de uma mistura com cimento e agregados naturais reforçados com fios sintéticos. Sua espessura pode variar entre 6 mm e 10 mm, com 1,20 m de largura e até 3 m de comprimento.

O transporte das placas deve ser feito sempre na vertical, por duas pessoas. As placas devem ser armazenadas sempre em ambiente fechado ou cobertas com lona ou plástico, em pilhas com no máximo 40 cm de altura (45 placas de 8 mm ou 35 placas de 10 mm).

Para uso em banheiros (área úmida interna), recomenda-se o uso de placas com espessura de 8 mm ou 10 mm.

As placas são fixadas à alvenaria por meio de parafusos. Caso seja necessário cortar as placas, use serra mármore com disco diamantado.

Após a instalação, recomenda-se aplicar selante impermeabilizante sobre elas (com superfície seca e limpa). O produto pode receber revestimentos como cerâmica, verniz e pintura.

Luiz Rampazzo
Divisória laminada com cimento reforçado

 

Apoio técnico: Art Gran Brasil, Neocom System, Eternit.