Montador de andaime | Equipe de Obra

Publicidade

Carreira

Montador de andaime

Esse profissional deve ser experiente e montar as peças com cuidado para dar segurança ao operário durante os serviços nas partes altas das obras

Reportagem: Felipe Benevides
Edição 27 - Janeiro/2010

 

Profissional

Marcelo Scandaroli
Nome: Joselito do Rosário
Idade: 37 anos
Onde nasceu: Esplanada (BA)
Onde mora: São Paulo
Onde trabalha: Andaimes Urbe
Função atual: montador de andaime

Há quanto tempo atua nessa profissão?
Monto andaimes há nove anos, mas já são 11 anos de trabalho com obras.

Como aprendeu a profissão?
Aprendi no dia-a-dia mesmo. Trabalhei na área de manutenção por um ano. Aí fui ganhando experiência, comecei a entender mais das peças, fazer a revisão dos andaimes. Conversava bastante com os encarregados da obra e a partir daí comecei a trabalhar como montador.

É uma profissão perigosa?
Sim, é perigosa porque trabalho nas alturas. Quando estou acima de 2 m do chão, já sou obrigado a usar os equipamentos de segurança, como o cinto trava-quedas e o capacete.

Como é sua rotina de trabalho?
É bastante corrida porque tenho prazo para montar o andaime. Basicamente, no dia anterior à montagem o caminhão deixa as peças no canteiro. Então, retiro na empresa o desenho da montagem e vou até o local da instalação. Converso com o mestre de obras para saber como ele quer e aonde montar o andaime e faço o meu serviço.

Que dicas você dá para quem está começando nessa profissão?
Quem está começando deve ganhar experiência no dia-a-dia, trabalhando como ajudante. O iniciante não deve deixar de usar os Equipamentos de Proteção Individual e, se possível, fazer um treinamento de segurança.

O que é preciso para ser um bom profissional?
Tem que começar de baixo, com humildade. Mostrar muito interesse, disposição e ficar sempre atualizado sobre o que ocorre na sua profissão.

 

Características da função

O que faz um montador de andaimes - Realiza atividades de montagem para permitir a execução de trabalhos de construção nas partes elevadas das obras; modifica andaimes, alterando e ampliando armações, plataformas e outros elementos, para adaptá-los à progressão das tarefas; desmonta os andaimes depois dos trabalhos concluídos, desarmando as plataformas, módulos, corrimãos e demais acessórios.

Tipos de andaimes que o montador pode instalar - Tubular, fachadeiro, equipado e multidirecional.

O que é necessário para ser um bom montador - Esse profissional deve ter domínio de montagem e conhecer todos os tipos e modelos de andaimes existentes.  

Onde o montador pode trabalhar - Em manutenção e construção de novas instalações, na infraestrutura de rodovias, estações de tratamento de  água e esgoto.

Responsabilidades desse profissional - Garantir que a montagem seja realizada de acordo com as especificações do projeto, verificar a qualidade dos equipamentos, conferir os apertos de abraçadeiras ou dos encaixes necessários a cada modelo, providenciar a amarração da estrutura da edificação e reportar ao supervisor direto qualquer problema observado no material na montagem.

Experiência - A experiência anterior é desejável, porém é difícil encontrar mão de obra qualificada nesse setor.

Onde aprender a profissão - São poucas as instituições que formam profissionais na área de montagens de andaimes, um exemplo delas é o Senai, mas não está disponível em todas as unidades

Mercado de trabalho - O montador é muito requisitado e, com o aquecimento da área de edificações, a procura por contratação desse tipo de profissional tende a aumentar.

 

Apoio técnico: Renato Nunes Caetano - diretor de Estruturas Tubulares da Alec (Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis).