Publicidade

Planejamento

Como descartar tintas

Lançados sem cuidados na natureza, restos de tinta podem contaminar a água e o solo, trazendo riscos à saúde das pessoas. Veja como se desfazer do produto com segurança

Reportagem: Renato Faria
Edição 34 - Março/2011

Fotos: Marcelo Scandaroli
Durante o trabalho, o pincel deve descansar imerso na tinta que está sendo usada, apenas coberto por um plástico.

Fotos: Marcelo Scandaroli
Lave os materiais de trabalho, como pincéis, rolos e bandejas, apenas no final do dia, evitando o desperdício de água.

Fotos: Marcelo Scandaroli
Sobras de tinta não devem ser guardadas, pois sua validade após aberta é bem curta. Faça uma doação para alguém que possa utilizar o produto.

Fotos: Marcelo Scandaroli
Se não for possível doar a tinta, esgote seu conteúdo em folhas de jornal ou restos de madeira, que podem ir para o lixo comum.

Fotos: Marcelo Scandaroli
Para se desfazer das latas vazias de tintas, limpe-as bem, escorrendo todo o resíduo líquido, raspando o fundo se necessário. Não lave em água corrente para não gerar poluentes.

Fotos: Marcelo Scandaroli
Fure as embalagens para que elas não possam ser reutilizadas.

Fotos: Marcelo Scandaroli
Restos de tinta seca, assim como embalagens usadas, devem ser encaminhados a uma ATT (Área de Transbordo e Triagem) da prefeitura da cidade.

 

Colaboraram: Eucatex e Ricardo Sá, instrutor de pintura do Senai Tatuapé.

Publicidade