Estimativa de custos | Equipe de Obra

Publicidade

Planejamento

Estimativa de custos

Saiba como calcular rapidamente o custo aproximado de construção de uma obra

Reportagem: Jamila Venturini
Edição 37 - Julho/2011

É possível ter uma ideia aproximada de quanto custará uma obra antes mesmo que ela tenha projetos ou orçamentos mais detalhados. Para isso, basta dispor de algumas informações básicas sobre o imóvel que se pretende construir - padrão de construção, tipo de uso, número de pavimentos e área total - e comparar com o custo de obras semelhantes já executadas no passado.

Essa primeira etapa de elaboração do orçamento é baseada, normalmente, em indicadores genéricos. Em obras de edificações, um indicador muito usado é o custo do metro quadrado construído, que permite identificar, em uma conta rápida, qual a faixa de custo de um projeto. Em outras palavras, o responsável pela obra consegue saber, por exemplo, se um prédio residencial popular de dez andares vai lhe custar R$ 2 milhões ou R$ 20 milhões.

Um desses indicadores é o Custo Unitário Básico (CUB), divulgado mensalmente pelos Sindicatos da Indústria da Construção Civil (SindusCon) regionais. Os valores variam de acordo com itens como tipo de uso do imóvel (residencial, comercial, industrial), padrão da construção (popular, médio ou alto padrão) e número de pavimentos. O Custo Unitário PINI de Edificações (Cupe), produzido mensalmente pelo departamento de Engenharia e Custos da PINI, é outro indicador de referência para esse tipo de estimativa.

Importante lembrar que esses índices não consideram custos específicos, como valores de terrenos, fundações especiais, ar-condicionado, impostos e taxas, etc. Também não estão incluídas a remuneração do construtor e o lucro do projeto. Tudo isso aparece em uma fase posterior e mais detalhada do orçamento, caso o projeto tenha sido considerado economicamente viável.

Veja abaixo como o CUB é apresentado e o que significa cada item da tabela:

Na internet
Veja em www.equipedeobra.com.br como fazer o cálculo considerando os valores do Custo Unitário PINI de Edificações (Cupe)

 

Projetos - padrão residencial

Fonte: CUB Maio de 2011 - SindusCon-BA (http://www.sinduscon-ba.com.br/conteudo/cub/001/cub/000053.pdf)

 

Sergio Colotto
Como estimar o custo de uma obra

Veja um exemplo de como definir o custo estimado de um empreendimento residencial de baixo padrão em Salvador (BA), com dez pavimentos de 250 m² cada um:

Calcule a área total do empreendimento. Para isso, basta multiplicar a área de cada pavimento pelo número de andares do edifício:

Área total = 250 m² x 10 = 2.500 m²

Como o empreendimento será construído em Salvador, devemos consultar o CUB divulgado pelo Sindicato da Indústria da Construção da Bahia (Sinduscon-BA). Os valores referentes ao mês de maio de 2011 estão na página anterior.

Consultando a tabela, vemos que o CUB de edifícios residenciais de baixo padrão com oito pavimentos (R-8) é de R$ 839,68/m². Neste exemplo, tomamos o edifício de oito pavimentos como referência, já que este é o projeto mais parecido com um de dez pavimentos.

Agora, basta multiplicar o valor relativo ao metro quadrado pela área total do edifício:

Custo estimado total = 2.500 m² x R$ 839,68 = R$ 2.099.200

Portanto, a estimativa de custo para a construção do projeto que mostramos neste exemplo é cerca de R$ 2,1 milhões.

 

Apoio técnico: Bernardo Corrêa Neto, do departamento de Engenharia e Custos da PINI. Bibliografia: Como preparar orçamentos de obras, de Aldo Dórea Mattos, da Editora PINI, e Custo Unitário Básico (CUB/m²): principais aspectos, do Sinduscon-MG.