Publicidade

Planejamento

Telhas termoisolantes

Composta por chapas metálicas e isolantes, cobertura melhora o conforto térmico dos ambientes e economiza energia elétrica

Reportagem: Romário Ferreira
Edição 46 - Abril/2011

Telhas termoisolantes reduzem as trocas térmicas, mantendo o ar frio por mais tempo e diminuindo a ação do calor. Têm como característica o peso reduzido e a fácil instalação, além de não precisar de forros ou lajes adicionais.

A estrutura é do tipo sanduíche, ou seja, telha + isolante + telha. Cada camada tem uma função: "a externa proporciona estanqueidade; o isolante, como o próprio nome sugere, isola termicamente e contribui para reduzir ruídos de impacto, como chuvas de granizo; e a telha inferior resiste à tração", resume o engenheiro Julio Cesar Sabadini de Souza, do Centro Tecnológico do Ambiente Construído do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT).

As telhas são chapas de aço ou alumínio e o isolante é uma espuma rígida, que pode ser de poliuretano, de poli- -isocianurato, de poliestireno expandido ou de lãs, podendo ser de vidro, rocha ou PET. "Todos têm praticamente a mesma capacidade de isolação térmica", garante Maria Akutsu, física pesquisadora responsável pelo Laboratório de Conforto Ambiental do IPT.

Quando há risco de incêndio, Maria recomenda escolher as lãs. Para que não percam a capacidade isolante, ela aconselha protegê-las contra infiltrações pelas juntas e parafusos de fixação. A espessura média dessas telhas é de 5 cm, mas, se o objetivo for obter a maior isolação possível, a recomendação é optar por espessuras maiores. O preço ainda é considerado alto, mas têm sido criados acabamentos de menor custo para uso em habitações populares.

Daniel Beneventi

ESPECIFICAÇÕES
>> Geralmente, as telhas com isolamento em poliuretano e poliestireno saem da fábrica prontas para uso. Já os sistemas com lãs são vendidos desmontados.
>> Os produtos que possuem perfis ondulados ou trapezoidais são recomendados para coberturas em forma de arco. Para cobertura de forma curva, aconselha-se usar telha metálica ondulada com lã de vidro.



>> As telhas podem também ser produzidas com aço pintado ou filme de polietileno, dispensando acabamento interno. Também são oferecidas opções de cores.
>> Em geral, têm largura útil de 1 m e espessuras de 20 mm, 30 mm ou 50 mm. O comprimento é especificado de acordo com o projeto, levando em consideração a capacidade de transporte.




INSTALAÇÃO

Deve ser montada sobre terças metálicas com parafuso autobrocante. A fixação é feita sempre na onda alta da telha. Por serem leves - 10 kg/m² - permitem eliminar totalmente as ripas. Podem ser manuseadas sem o uso de equipamentos e fixadas com ferramentas convencionais. Cumeeira e perfis de acabamento são fixados na sequência com parafusos de fixação e de costura.

TRANSPORTE E ARMAZENAMENTO
Fotos: Divulgação Dânica Fotos: Divulgação Dânica

São transportadas paletizadas ou em lotes amarrados. Cuidado para evitar danos e impactos! É importante cobrir com lona ou plástico para não entrar em contato com a chuva e o sol e danificar o acabamento superficial, principalmente se a telha for pintada. Durante a descarga, evite flexão ou torção. Não é recomendada a estocagem por muito tempo no canteiro já que são sensíveis a impactos, além de inflamáveis - no caso das com isolamento em poliuretano. Por isso, é importante programar para que a entrega seja feita pouco tempo antes da execução da cobertura.

Publicidade