Publicidade

Planejamento

Revestimento cerâmico para pisos

A espessura do rejunte é determinante para a quantidade de chapas necessárias para assentamento. Confira como calcular

Reportagem: Juliana Martins
Edição 49 - Julho/2012
Fotos: Marcelo Scandaroli

Não basta calcular a área do ambiente para saber a quantidade de chapas que serão necessárias para assentar piso cerâmico. É preciso considerar também a espessura do rejunte e a quantidade e o formato dos recortes que serão feitos nos cantos das paredes. Se o piso for colocado na diagonal, a perda de chapas devido aos recortes necessários é um pouco maior se comparada ao assentamento paralelo à parede.

O ideal é sempre começar a assentar a partir da porta, deixando o espaço de recortes nos cantos da parede para fazer depois. Recortes para ralos não afetam o consumo, pois o correto é fazer o corte com serra-copo diretamente na chapa.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da plataforma Equipe de Obra

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade