Publicidade

Planejamento

Fixadores para drywall

Peso do objeto, posição definitiva e configuração da parede são determinantes para saber qual elemento é o mais adequado. Confira as opções e saiba como fixar objetos em paredes e forros de gesso

Reportagem: Juliana Martins
Edição 56 - Fevereiro/2013
 

Escolher o elemento para fixar cargas - como quadros e televisores - em paredes de drywall depende do peso do objeto a ser pendurado e também da configuração da parede - se tem uma ou duas chapas de gesso acartonado sobrepostas. Isso pode ser comprovado com o projeto ou mesmo por meio de um pré-furo, feito com furadeira.

O peso influencia no formato do elemento de fixação, conforme ilustra Carlos Roberto De Luca, consultor técnico da Associação Brasileira de Fabricantes de Chapas para Drywall (Associação Drywall). Uma TV plana de 32" é relativamente pequena, com 8 kg, e pede uma fixação rente à parede. "Uma bucha de expansão sustenta essa TV", afirma.

Agora, para uma TV de 50", com suporte articulado e que avance além da parede, é recomendável prever um reforço, geralmente feito em madeira ou mesmo metal por trás da chapa de drywall.

Ao comprar os fixadores, é recomendável conferir se ele conta com certificado de conformidade ou ensaio de laboratório. "Não há normas sobre isso, mas o certificado é um tipo de garantia", diz De Luca. Peças amassadas, cortadas, trincadas ou com sinais de ferrugem não devem ser usadas.

Cuidados ao fixar
Antes da fixação, é sempre recomendável fazer o pré-furo, consultando o diâmetro da bucha na embalagem para decidir qual broca utilizar.

No forro, a chapa e a estrutura não são próprias para receber carga. Lustres ou luminárias devem ser pendurados diretamente na laje, acima do forro, ou em estrutura auxiliar.

De Luca conta que os forros aceitam cargas pontuais de, no máximo, 3 kg por ponto e distanciadas por 40 cm, no mínimo. Buchas em drywall não podem ser reaproveitadas. A remoção é feita empurrando-as para dentro da parede.

Escolha de acordo com a função

 

ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Fotos: Marcelo Scandaroli
Bucha de expansão
Este tipo de bucha é usado para fixações feitas diretamente nas chapas de gesso - e não nos montantes. Conforme indicado na tabela, servem para fixação de objetos com carga média.
Bucha basculante
Pode ser fixada na chapa de gesso ou nos montantes. Deve ser usada para cargas leves ou médias, diretamente na chapa. Para fixação de cargas pesadas, precisam ser aplicadas nos montantes ou em reforços instalados no interior da parede.
Bucha parafuso
Tem esse nome por parecer um parafuso grande. Pode ser de plástico ou metal e é aplicada diretamente na chapa. Tem boa resistência ao cisalhamento e é ideal para elementos aplicados rentes à parede, como espelhos.

Obs.: para duas chapas de gesso utilizar buchas basculantes ou de expansão com tronco duplo ou maior. Espaçamento mínimo de 40 cm entre os pontos de fixação. Para buchas basculantes empurar o anel, quebrar as hastes e parafusar os objetos. Cargas superiores às citadas na tabela acima prever reforços metálicos ou de madeira tratada de acordo com as recomendações dos fabricantes de chapas de gesso. Verifique previamente o peso do objeto a ser fixado. As informações sobre capacidade de carga são referenciais. Antes de sua utilização consulte o manual do fabricante do componente.

 

Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade