Publicidade

Obras

Canteiro

Inovações em obra

Soluções alternativas para questões recorrentes nas construções visam à diminuição dos custos e ao aumento da segurança e da produtividade

Reportagem: Juliana Martins
Edição 56 - Fevereiro/2013
 

Esta reportagem traz algumas inovações desenvolvidas para facilitar o trabalho, aumentar a segurança e a produtividade. Haruo Ishikawa, coordenador do Comitê Permanente Nacional da Norma Regulamentadora das Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (NR-18), explica que, para que equipamentos como esses possam ser usados, é preciso haver um profissional legalmente habilitado que ateste a segurança.

Divulgação: Ishikawa

Rodízio de funções
Ao se colocarem à disposição da diretoria da empresa para exercerem funções diferentes das quais foram contratados, os próprios funcionários da Ishikawa Engenharia resolveram o problema de rotatividade de trabalhadores que acontece conforme as etapas da obra são cumpridas. Haruo Ishikawa, proprietário da empresa, diz que com o rodízio de funções ele não precisa dispensar funcionários, o que evita desemprego e custos trabalhistas. Segundo ele, as funções mais indicadas para o rodízio são as de carpinteiro, pedreiro e ajudante, mas todos podem atuar dessa forma. No entanto, ressalta Ishikawa, a vontade do trabalhador precisa prevalecer sempre. Caso contrário, o rodízio é ilegal.

 

Divulgação: MPD Engenharia

Guarda-corpo para sacada
Em trabalhos em sacadas de apartamentos, a MPD trocou os guarda-corpos provisórios pelo fechamento definitivo. Isso, segundo Cristofani, reduz riscos e custos. No método tradicional, a proteção provisória teria que ser refeita, o que, além de gerar gastos, deixaria o espaço desprotegido por duas vezes. "Dessa forma, colocamos a definitiva e só pintamos antes de entregar o prédio", conta o coordenador de segurança da empresa.

 

Divulgação: Mpd Engenharia

Plataforma para poços
Para aumentar a segurança, a MPD Engenharia criou o sistema chamado de "linha de vida", que evita improvisos em trabalhos em altura na periferia de lajes. "Não podíamos cobrar os funcionários para usarem cinto de segurança, pois não tinham onde amarrar. Quando improvisavam, não tínhamos certeza de que era seguro. Agora temos", diz o engenheiro coordenador de segurança da empresa, Carlos Cristofani. Ele conta que os postes desmontáveis passaram a ser usados em todas as obras da MPD.

 

Divulgação: Mpd Engenharia

Divulgação: Mpd Engenharia



Plataforma para poços
Para serviços em poços de elevadores, a MPD Engenharia desenvolveu uma plataforma metálica portátil. "O poço representa grande risco de queda", afirma Cristofani. Para fazer o arremate e a pintura da parede antes da instalação do elevador, a plataforma é colocada na porta do elevador e apoiada na parede ao fundo, dando estabilidade ao trabalhador.

 

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Publicidade