Publicidade

Planejamento

Blocos para elétrica

Veja como calcular a quantidade de blocos necessária para a instalação de dutos de energia em paredes de alvenaria estrutural

Reportagem: Fabio Busian
Edição 57 - Março/2013

Foto: Marcelo Scandaroli

Diferente da alvenaria convencional, que não tem função estrutural e que, para tanto, precisa contar com vigas e pilares, a alvenaria estrutural é autoportante e capaz de suportar as cargas transferidas pelas lajes. Como as paredes são responsáveis pela sustentação da edificação, não podem sofrer cortes para passagem de dutos elétricos.

Para isso, são utilizados os chamados blocos elétricos, que possuem as mesmas características dos demais blocos, mas que contam com aberturas para passagem de fios e tubos e/ou espaço adequado para acomodação das caixas de tomadas e interruptores.

Como regra para manter a resistência estrutural dos blocos, os dutos de hidráulica e elétrica correm pelas lajes, correndo pelas paredes apenas na vertical, aproveitando os septos ou furos dos blocos. Por isso, não é possível fazer cortes para interligação de pontos.

As caixas elétricas contendo interruptores e tomadas devem ser previamente chumbadas nos blocos para só depois disso começar o assentamento nas posições determinadas em projeto. Depois, é preciso passar os conduítes.

A quantidade de blocos elétricos depende da quantidade de interruptores e tomadas a serem instalados. Em um quarto com 6 m², por exemplo, o projetista de elétrica pode optar por duas tomadas, a 30 cm de altura em relação ao chão, e um interruptor, a 1,20 m de altura. Todos os blocos de alvenaria estrutural devem obedecer à NBR 15.961 - Alvenaria Estrutural - Blocos de Concreto.

Foto: Marcelo Scandaroli
Na alvenaria estrutural, os blocos não podem ser cortados para a passagem de conduítes ou tubulações, como é comum ocorrer com a alvenaria convencional. Por isso, os dutos são passados pelo interior dos blocos para elétrica

Cálculo
Para este exemplo, vamos considerar o tamanho padrão mais usado, de 14 cm x 19 cm x 39 cm. Como as tomadas ficam a 30 cm da laje, precisamos dividir essa medida pela altura do bloco para saber quantos blocos elétricos serão necessários por tomada. 30 / 19 = 1,57.

São, portanto, dois blocos por instalação, sendo que um deles não é apenas de passagem, mas o da caixa da tomada.

Para o interruptor a 1,20 m de altura, a equação ficaria da seguinte forma: 120 / 19 = 6,31. Ou seja, seis blocos de passagem e um para a caixa do interruptor.

Assim, somando tudo, são necessários oito blocos de passagem e três para caixas de passagem neste ambiente.

 

 

Publicidade