Publicidade

Planejamento

Contrapiso

Calcule a quantidade de operários, de ferramentas e de material necessária para regularização da base de pisos

Reportagem: Fábio Busian
Edição 59 - Maio/2013
Foto: Marcelo Scandaroli

A camada de contrapiso tem a função de regularizar a base, proporcionando, quando necessário, o caimento de água adequado. É feita de argamassa, composta por água, cimento e areia, com traço de, geralmente, uma medida de cimento para quatro de areia. O ideal é usar areia média, sempre peneirada para eliminar impurezas. A água deve ser adicionada aos poucos, até obter-se uma massa úmida, com consistência de farofa.

No entanto, há também a opção de utilizar argamassa industrializada para assentamento, que será a opção adotada neste exemplo.

A quantidade de argamassa depende da espessura do contrapiso. Considerando uma camada de 4 cm, cada metro quadrado demanda 40 litros de argamassa. Já a quantidade de mão de obra e de ferramentas que serão necessárias depende do tempo em que se deseja terminar todo o processo. Isso porque, cada equipe realiza, em média, 1 m2 de contrapiso a cada 0,4 hora (24 minutos). Lembrando que cada equipe é formada por um pedreiro e um ajudante, que contam com uma pá, um carrinho de mão, uma colher, uma enxada, um soquete, um sarrafo, uma desempenadeira e uma régua de alumínio. Cada equipe precisa de um kit de materiais como esse.

Dentre os equipamentos que podem ser compartilhados entre as equipes alocadas, estão um misturador, uma mangueira de nível e uma peneira.

Dimensionamento da equipe
Como exemplo, vamos considerar uma área com 30 m². Se cada equipe formada por pedreiro e ajudante leva 0,4 hora para executar 1 m2 de contrapiso, o tempo total a ser consumido por uma equipe para concluir tal área será o resultado da multiplicação da área pela produtividade. Assim:

30 x 0,4 = 12 horas

Num cálculo simplista, é possível afirmar que, para reduzir à metade o tempo consumido, bastaria colocar mais uma equipe trabalhando.

Consumo de materiais
O consumo de argamassa depende do produto escolhido, sendo que o rendimento vem informado na embalagem. Vamos considerar que o consumo é de 21 kg/m² a cada centímetro de espessura.

Como nosso contrapiso tem 4 cm de espessura, serão 84 kg/m².

Para saber o consumo total, basta multiplicar:

84 x 30 = 2.520 kg

No entanto, é interessante, considerar uma perda de 3% sobre o consumo.

2.520 x 1,03 = 2.596 kg necessários para fazer o contrapiso de toda a área, sem considerar o caimento.

Como cada saco tem 30 kg, basta dividir o consumo total pelo peso do saco para saber quantas unidades serão necessárias. Assim: 2.596 / 30 = 86,5. Ou seja, são necessários 87 sacos de argamassa para assentar 30 m² de contrapiso.

Apoio técnico: Ana Carolina F. de Camargo, do departamento de engenharia da Editora PINI.

 

Publicidade