Publicidade

Obras

Especial impermeabilização

Conheça os tipos de impermeabilizante

Veja quais são os sistemas de impermeabilização mais utilizados e saiba qual produto é mais adequado para a sua obra

Reportagem: Romário Ferreira
Edição 65 - Novembro/2013

MANTAS ASFÁLTICAS

Um dos materiais mais usados na impermeabilização é a manta asfáltica. Trata-se de um sistema flexível pré-fabricado, formado por um elemento estruturante central - filamentos de poliéster ou véu de fibra de vidro, que conferem ao produto grande resistência mecânica - recoberto em ambas as faces por um composto asfáltico.

A manta é indicada para estruturas sujeitas a movimentação e fissuras, e com dimensões superiores a 50 m². "Tem gente que usa em espaços menores, mas quanto menor a área para aplicar a manta, maior a possibilidade de falha de execução, devido à necessidade de recortes e emendas", explica a engenheira Virgina Pezzolo, da Proassp Assessoria e Projetos.

A norma técnica NBR 9952 - Manta Asfáltica Para Impermeabilização classifica as mantas em quatro categorias conforme as características de tração, alongamento, flexibilidade e espessura, que vai de 3 mm a 4 mm. As mantas também têm acabamentos diferentes, que variam segundo o tipo de aplicação (maçarico ou asfalto quente) e a exposição ao sol e à chuva. Além disso, diferenciam-se com relação ao asfalto usado na fabricação, que pode ser elastomérico ou plastomérico.

Fotos: Marcelo Scandaroli/ Divulgação: Sika
Mantas são aderidas à superfície com asfalto oxidado a quente ou com maçarico a gás. Dependendo do tipo de aplicação, é preciso estar atento ao revestimento da manta, em areia ou polietileno

MEMBRANAS MOLDADAS NO LOCAL

A impermeabilização moldada in loco é obtida pela aplicação, a frio ou a quente, de sucessivas demãos de um impermeabilizante líquido na superfície a ser tratada, que forma, depois de seco, uma membrana flexível e sem emendas. Os produtos desse sistema variam em relação à flexibilidade, à resistência aos raios solares e aos procedimentos de aplicação, entre outros aspectos.

Os sistemas moldados in loco são indicados para espaços menores ou de acesso mais difícil, como áreas molháveis e pequenas lajes, onde o uso de mantas asfálticas é contraindicado. Sobretudo no caso das membranas líquidas aplicadas a frio, é preciso respeitar o consumo do produto indicado na embalagem, assim como o número de demãos, já que a economia nesse serviço pode resultar em uma impermeabilização deficiente.

Fotos: Marcelo Scandaroli/Divulgação: Viapol/ Divu

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | Próxima >>
Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade