Publicidade

Obras

Saiba como aplicar rejunte epóxi

Execução do serviço deve ser feita em trechos pequenos para evitar problemas com a secagem rápida

Edição 67 - Janeiro/2014
 

Produto bicomponente à base de resina, o rejunte epóxi apresenta elevadas resistências química e mecânica, grande impermeabilidade e resistência a manchas e fungos, além de proporcionar acabamento extraliso (impedindo a aderência de sujeira nas juntas). Essas características reunidas tornam o produto ideal para áreas ou ambientes que sofram agressões, estejam em contato constante com agentes químicos ou que exijam assepsia. Pode ser aplicado em pisos e paredes de porcelanato, grés, semigrés, revestimentos retificados ou técnicos, mármores e resina, o rejunte epóxi apresenta elevadas resistências química e mecânica, grande impermeabilidade e resistência a manchas e fungos, além de proporcionar acabamento extraliso (impedindo a aderência de sujeira nas juntas). Essas características reunidas tornam o produto ideal para áreas ou ambientes que sofram agressões, estejam em contato constante com agentes químicos ou que exijam assepsia. Pode ser aplicado em pisos e paredes de porcelanato, grés, semigrés, revestimentos retificados ou técnicos, mármores e Rejunte epóxi granitos e em blocos e pastilhas de vidro, desde que as juntas variem de 1 mm a 5 mm, no máximo.

Um dos principais cuidados na sua aplicação, porém, está na hora de preparar a massa. Deve-se separar e pesar os dois componentes em partes iguais, homogeneizando-os separadamente antes de misturá-los por completo. Além de "pesada", a massa apresenta secagem rápida (e não pode ser removida depois que isso acontece), por isso é altamente recomendável planejar previamente a área de cobertura a ser trabalhada. O ideal é realizar a aplicação sempre em pequenos trechos (de até 1 m², preferencialmente) e limpar a superfície do revestimento em, no máximo, duas horas após o início do serviço.

Vale lembrar que rejuntamentos de cores contrastantes com revestimentos porosos podem provocar manchas na superfície. O ideal é usar cores similares na aplicação ou então proteção especial para os revestimentos. Placas cerâmicas com rugosidades ou com relevos também estão sujeitas ao mesmo problema, devendo ser protegidas com fitas delimitadoras ou ceras especiais.

 

Materiais e EPIs
Fotos: Marcelo Scandaroli
Espátula de PVC, espátula metálica, esponja, bloco de espuma, pano, balde com água, óculos, máscara de proteção e limpador de junta.

 

Fotos: Marcelo Scandaroli
1. Separe os dois componentes em partes iguais.

 

Fotos: Marcelo Scandaroli
2. Em uma superfície lisa e limpa, homogeneíze os dois componentes separadamente. O ideal é usar duas espátulas limpas e diferentes para execução dessa tarefa.

 

Atenção!
Jamais aplique água na mistura!

 

Fotos: Marcelo Scandaroli
3. Junte os dois componentes e misture de forma homogênea a massa.
4. Coloque uma pequena quantidade de massa na espátula plástica.

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>

Publicidade