Publicidade

Obras

Melhores práticas

Veja as dicas para realizar corretamente a locação da obra

Para evitar erros é necessário identificar adequadamente cada gabarito e fazer a conferência de distâncias de pilares até o eixo

Reportagem: Aline Mariane
Edição 68 - Fevereiro/2014
Fotos Aline Mariane

Projeto
O topógrafo marca em algum ponto fixo da obra a Referência de Nível (RN) e os eixos. A partir dessas informações que estão nos projetos de arquitetura, estrutura e fundação, a construtora consegue ter base para dar início ao gabarito. É importante também sempre verificar se os projetos estão atualizados porque esta fase de início de obra sofre muitas revisões.


Fotos Aline Mariane

Chumbamento
O pontalete deve ser concretado na terra para dar mais resistência e não permitir nenhuma movimentação. Não se pode encostar nesses pontaletes, pois qualquer movimento pode resultar numa marcação errada.


Fotos Aline Mariane

Eixo
É importante verificar no projeto se cada pilar possui uma medida em relação ao eixo. Esse trabalho será feito pelo topógrafo. Caso o topógrafo encaminhe um projeto sem a medida exata de cada pilar, é necessário refazê-lo.


Fotos Aline Mariane

Travamentos
A fixação de mãos-francesas nos pontaletes ajuda a travar o conjunto. A parte inferior da mão-francesa é fixada a um pontalete menor, que também deve ser chumbado no solo. Outra solução para garantir a rigidez do gabarito é o contraventamento dos pontaletes principais com sarrafos.


PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Publicidade