Publicidade

Obras

Passo a passo

Passo a passo - Aplicação de membrana de poliuretano

Preparação do substrato e observância a prazos de cura são fundamentais para bom desempenho deste sistema de impermeabilizante flexível

Reportagem: Gisele Cichinelli
Edição 75 - Setembro/2014

Impermeabilizantes de poliuretano são produtos bicomponentes que formam membranas flexíveis que apresentam grande estabilidade química, elasticidade, resistência a temperaturas elevadas e aderência a diversas superfícies. São indicados para estruturas sujeitas a movimentações, vibrações, insolação e dilatações e contrações decorrentes de variações térmicas. Sua aplicação é semelhante à de revestimentos de pintura tradicionais, tendo como ponto crítico a preparação do substrato. Acompanhe nas próximas páginas como aplicar corretamente o produto.

Foto: Marcelo Scandaroli

FERRAMENTAS E EPIS

Luvas de PVC, óculos de proteção, capacete, máscara, vassoura, rolos de pintura de pelo baixo, bandeja e espátula.


Foto: Marcelo Scandaroli

Passo 1
Antes de iniciar a aplicação, certifique-se de que a base esteja livre de poeira, sujeira, óleos e outros materiais que possam prejudicar a aderência do primer. Também é importante tratar ninhos e juntas de concretagem antes de iniciar o procedimento. O produto pode ser aplicado sobre superfície ligeiramente úmida.

Foto: Marcelo Scandaroli



Passo 2

Prepare o primer, misturando o catalisador à resina epóxi. Os produtos podem ser misturados manualmente, com auxílio de espátula, ou mecanicamente, utilizando furadeira de baixa rotação (400 rpm a 450 rpm) com hélice acoplada.

Foto: Marcelo Scandaroli



Passo 3

Em seguida, despeje o conteúdo em uma bandeja. Esse cuidado é fundamental para garantir o tempo de uso do produto.


Foto: Marcelo Scandaroli



Passo 4

Aplique uma demão de primer sobre a superfície a ser impermeabilizada, tomando cuidado para garantir a cobertura total da área.

Foto: Marcelo Scandaroli



Passo 5

Certifique-se de que os cantos, previamente arredondados, tenham sido completamente cobertos com o produto.


Foto: Marcelo Scandaroli

Passo 6
Espere de quatro a seis horas antes de aplicar a primeira camada da pintura poliuretânica. Caso seja necessário, limpe novamente a superfície. Se a espera extrapolar 24 horas, é necessário lixar a superfície para garantir a aderência do produto.

Foto: Marcelo Scandaroli Foto: Marcelo Scandaroli

Passo 7
Prepare a membrana poliuretânica, misturando o catalisador à resina de poliuretano. É importante que a mistura esteja bem homogênea. É recomendável seguir as recomendações do fabricante sobre a proporção para a mistura de produto. Em geral, o consumo é de 150 g/m² a 200 g/m² de primer e de 2,8 kg/m² a 7 kg/m² de pintura poliuretânica. No entanto, tanques que recebem produtos químicos agressivos podem demandar impermeabilizante mais espesso.

Foto: Marcelo Scandaroli



Passo 8

Repita o mesmo cuidado, despejando o produto em uma bandeja.

Foto: Marcelo Scandaroli


Passo 9

Com um rolo de pintura, aplique o produto sobre toda a superfície. O produto deve ser aplicado de acordo com o consumo sugerido pelo fabricante, que pode ser dividido em três ou quatro demãos.

Foto: Marcelo Scandaroli



Passo 10

Novamente, dedique atenção especial aos cantos.


Foto: Marcelo Scandaroli



Atenção!

É importante espalhar o produto, cobrindo toda a superfície. O ideal é manter o mesmo sentido da primeira aplicação, nunca cruzando as pinceladas, a fim de evitar que a pintura fique marcada.

Foto: Marcelo Scandaroli


Passo 11

Finalize a execução aplicando as demais demãos do produto, sempre observando o tempo de cura, entre quatro e seis horas. A quantidade de demãos varia de acordo com a ferramenta de aplicação. Quanto maior a espessura total (soma das camadas de primer, membrana e proteção UV) mais eficiente será a impermeabilização quanto à movimentação e resistência.

Apoio técnico: Jorge Luís Marcondes, coordenador da assistência técnica da Denver Impermeabilizantes.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade