Publicidade

Obras

Melhores práticas - Luminárias externas

Principais cuidados são com isolamento das instalações e do corpo do contato com a terra e a água. Também é importante atentar para a fixação à base em concreto

Reportagem: Aline Mariane
Edição 77 - Novembro/2014
Foto: Aline Mariane Foto: Aline Mariane
Base de concreto
A correta fixação de luminárias ou postes em áreas externas é feita por meio de parafusamento em bases de concreto. Em hipótese alguma a instalação deve ser feita diretamente sobre o solo.


Tubo de PVC
As luminárias externas enterradas para jardim são envoltas em tubo de PVC para evitar contato com o solo e, consequentemente, com a umidade. Ao instalar é importante assegurar-se de que o tubo está adequadamente fixado.


Foto: Aline Mariane Foto: Aline Mariane
Colchão de brita
Também nos casos das luminárias para jardim, é preciso criar - no fundo do orifício escavado - um colchão de brita. Esse colchão de brita irá drenar a água, evitando que ela se acumule no fundo e danifique a instalação elétrica.



Proteção de eletroduto
Como a infraestrutura elétrica da luminária é feita antes da conclusão do jardim, é importante proteger o eletroduto para evitar a entrada de terra ou mesmo argamassa. A tampa só deve ser retirada no momento de passar a fiação.



Foto: Aline Mariane Foto: Aline Mariane
Foto: Aline Mariane
Proteção dos postes
A proteção de papelão no corpo do poste deve ser retirada apenas depois da conclusão do serviço. Assim, evitam-se riscos ou outros danos causados pelos demais serviços.
Fixação dos postes
A base do poste é lisa e tem furos para fixação por parafusos. Após regularizar a base de concreto, o poste deve ser fixado e parafusado no concreto. A fiação corre por dentro da haste do poste até chegar à lâmpada.

Apoio técnico: Edgard Gaffo, engenheiro do Grupo Feller; Genilson dos Santos, encarregado de elétrica; Renivaldo Sobral Brandão, eletricista.

Publicidade