Publicidade

Obras

Certo e Errado

Edição 86 - Agosto/2015
Foto: Marcelo Scandaroli



CERTO

Os riscos causados pela manipulação incorreta do concreto envolvem ressecamento, irritação ou até ferimentos nas mãos, pés ou outras partes do corpo em que a pele entre em contato com o material. Na extração dos corpos de prova em uma obra, o operário está mais que certo em usar botas, luvas, óculos de proteção e capacete.





Foto: Marcelo Scandaroli

ERRADO

Ele quase passa despercebido, mas usar capacete com touca por baixo não é adequado. O uso de qualquer material sob o equipamento de proteção pode comprometer o ajuste da aranha do EPI à cabeça do trabalhador, além de diminuir a capacidade de absorção a impactos.


Foto: Marcelo Scandaroli


CERTO

Trabalhar com barras de aço exige luvas de proteção apropriadas. Além de usar um modelo mais resistente que os de látex, o operário usa óculos de sol, capacete e protetor auricular na hora de esticar os cabos das estruturas de concreto protendido. Muito bem!

Foto: Marcelo Scandaroli


ERRADO

Dá pra ver que aí o que mais falta é proteção! Além de os operários não usarem luvas, alguns dispensam até o capacete. Sem contar com a falta de isolamento de segurança em torno da escavação. Qualquer bobeira, os rapazes que estão em volta podem se dar muito mal!



Colabore com a seção Certo e Errado - envie fotos em alta resolução sobre bons e maus exemplos relacionados à organização, segurança e saúde nos canteiros. Não serão identificadas construtoras ou obras. O objetivo da revista é orientação por meio de imagens.

E-mail: equipedeobra@pini.com.br
Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade