Publicidade

Materiais e ferramentas

Como utilizar placa cimentícia para vedação de parede

Material pode compor fechamentos internos e externos, associado às estruturas de perfil de aço leve

Reportagem: Maryana Giribola
Edição 97 - Julho/2016

Constituídas de uma mistura de cimento Portland, agregados naturais e celulose e reforçadas com fibras, fios, filamentos ou telas, as placas planas cimentícias são indicadas para vários tipos de aplicação: divisórias, forros, fechamento de shafts, pisos elevados e fechamento de paredes internas ou externas. O uso está sempre associado ao steel frame, método construtivo que utiliza uma base estrutural de aço leve.

Sophia Mattos

Segundo a NBR 15.498:2014 Placa de Fibrocimento sem Amianto - Requisitos e Métodos de Ensaio, as placas cimentícias são divididas em duas categorias. As de Classe A são indicadas para aplicações externas, sujeitas à ação direta do sol, da chuva, do calor e da umidade. Podem ser fornecidas com ou sem revestimento e são classificadas em quatro categorias de acordo com a sua resistência à tração na flexão. As de Classe B são indicadas para aplicações internas e externas não submetidas à ação direta do sol, da chuva, do calor e da umidade. As placas são classificadas em cinco categorias de acordo com sua resistência à tração na flexão.

Quando utilizadas para fechamento de paredes, conforme detalhamos nesta reportagem, é importante atentar para alguns detalhes básicos de execução. As medidas de fixação com parafusos e o espaçamento entre as placas devem ser respeitados, para que os painéis não sofram danos em caso de apresentarem dilatação térmica ou higroscópica. A seguir, veja os principais cuidados de execução do sistema construtivo em vedações de paredes:

Conteúdo exclusivo para assinantes da Equipe de Obra

Outras opções

Publicidade