Publicidade

Obras

Materiais - Laje nervurada

Técnica economiza materiais e alivia a carga estrutural de edificações

Reportagem: Mauricio Besana
Edição 98 - Agosto/2016

As lajes nervuradas com cubas plásticas são soluções estruturais para espaços amplos, em que há uma distância considerável entre pilares. É esse o caso de garagens e estações de metrô, por exemplo. Além disso, a utilização dessa técnica dispensa o uso de blocos de concreto, tijolos cerâmicos e técnicas tradicionais de enchimento de laje, o que proporciona um alívio na carga estrutural.

Para garantir um trabalho de qualidade, as cubas precisam de cuidados especiais. Utilizar um desmoldante líquido para concreto facilita o serviço de desenforma, quando o concreto já está rígido. Cubas na cor branca são recomendadas quando a obra está sujeita a luz solar, uma vez que absorvem menos calor que as escuras. Um superaquecimento das peças pode provocar problemas causados pela dilatação do material. Na hora da desenforma, a dica é evitar o uso do pé de cabra. Se possível, utilize cunhas de madeira ou martelo. Concentre os esforços nas regiões distantes das quinas das cubas, onde a peça é mais frágil.

Conteúdo exclusivo para assinantes da Equipe de Obra

Outras opções

Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade