Publicidade

Segurança

Notícias

No Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, Seconci-SP dá dicas para canteiros de obra

Entre elas, está o envolvimento da equipe e uma política motivacional de segurança desde o início ao fim da construção

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
27/Julho/2017
Marcelo Scandaroli

Em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, celebrado nesta quinta-feira (27), o Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP) publicou recomendações para as construtoras e incorporadoras promoverem a segurança dos trabalhadores em obras.

A data tem como marco das Portarias 3.236 e 3.237, que regulamentaram a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho e atualizaram o artigo 164 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) sobre a atuação e formação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Após seis anos da aprovação das Portarias, foram implantadas as Normas Regulamentadoras (NRs) que estabelecem os procedimentos obrigatórios para a segurança e medicina do trabalho. A Portaria 3.214 já conta com 36 NRs obrigatórias para todas as empresas privadas e públicas com empregados com CLT.

Além de reforçar a necessidade dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) o Seconci-SP pede a união da equipe desde o início do projeto para a segurança de todos. "É imprescindível que não só os trabalhadores, mas também as lideranças, como engenheiros, mestres de obras e encarregados, participem das capacitações", ressalta o supervisor de Segurança Ocupacional da entidade, Uelinton Luiz.

O Seconci-SP destaca também a importância de uma política motivacional de segurança desde o início da obra. "Nem sempre o engenheiro de segurança integra o grupo de trabalho que desenvolve o projeto. Na etapa de planejamento, ele pode sugerir medidas já testadas para prevenir acidentes, evitando custos desnecessários para as empresas no futuro", afirma Luiz.

Confira a seguir as três dicas oferecidas pelo supervisor para um ambiente de trabalho seguro:

 Conhecer melhor cada um dos trabalhadores: Incentivar as lideranças a conhecer cada funcionário é uma forma de estabelecer um canal de comunicação eficiente e possibilita que estejam mais atentas às necessidades dos operários. Isso possibilita, inclusive, que o líder esteja atento aos trabalhadores das subempreiteiras, que nem sempre recebem o devido treinamento das companhias que os contratam, mas cuja segurança é de responsabilidade delas.

 Criar multiplicadores de segurança: Fomentar a troca de experiências entre os trabalhadores é uma forma de disseminar as orientações e recomendações dentro do ambiente de trabalho. 

 Áreas de vivência e lazer de qualidade: Disponibilizar locais que possibilitem aos funcionários relaxar durantes os intervalos e horário de almoço é uma forma de valorizá-los e ter trabalhadores mais motivados. Além disso, estes espaços funcionam como locais para troca de experiência entre os colaboradores.

O Seconci-SP também conta com palestras e treinamentos sobre as NRs e demais itens sobre prevenção de acidentes no trabalho. Para mais informações entre em contato com a entidade por meio do e-mail relacoesempresariais@seconci-sp.org.br ou telefone: (11) 3664-5844.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos

Publicidade