obra

Certo e errado: segurança e saúde nas obras

Certo Quedas sofridas durante trabalhos realizados em altura estão dentre as principais causas de morte na construção civil. Por isso, o colega da foto acerta ao usar cinto de segurança preso à linha de vida, além dos sempre indispensáveis capacete, luvas e óculos de segurança. É importante lembrar que o operário precisa ser devidamente capacitado a operar balancim. Errado Num andaime improvisado desses, com tábuas soltas, não haveria EPI que

Certo e errado: segurança e saúde nas obras

CERTO Em um canteiro há vários tipos de trabalho: concretagem, vibração, armação… Em alguns deles, nem é preciso colocar a mão na massa, mas de qualquer jeito o uso de EPIs é necessário. Esse funcionário está usando capacete, luvas, óculos de proteção e até protetores auriculares. Parabéns! ERRADO Como isso é comum: trabalho em altura sem proteção. Existe uma norma para isso, a NR-35, para trabalhos feitos a partir de

Certo e errado: segurança e saúde nas obras

CERTO Botas, luvas e capacete estão certos. Mas e os óculos escuros? Também estão! Eles impedem que o reflexo do sol no piso claro prejudique a visão. Para evitar problemas nas costas e joelhos, nosso amigo só precisa lembrar que não pode ficar agachado por muito tempo. ERRADO A plataforma elevatória oferece segurança para tarefas em lugares altos, mas subir em uma tábua improvisada para ganhar mais alguns centímetros (e

Certo e errado: segurança e saúde nas obras

CERTO Na hora de cortar a madeira, sempre use o capacete com proteção facial. Ele protege o rosto de possíveis lascas projetadas pela serra na direção do rosto do trabalhador. ERRADO Que bagunça! Com tantos pedaços de madeira espalhados, fica difícil de andar com segurança pela laje. Tem até alguns pregos expostos, que podem machucar os desavisados. CERTO Toda obra com mais de dois pavimentos executados no alinhamento da calçada

Certo e errado: segurança e saúde nas obras

CERTO O uso da máscara ao lidar com lã isolante é importante para evitar a aspiração de material que pode causar danos aos pulmões. Por isso, o colega da foto acerta ao se equipar com luvas, óculos, capacete e máscara. ERRADO Quantos erros é possível contar nessa foto? Nosso colega está num andaime com plataforma improvisada, inadequada para receber tanta carga. Além disso, ele não usa nenhum dos equipamentos de

Equipe responde: tire suas dúvidas

Orçamento Trabalho como autônomo na área de construção. Tenho uma equipe de sete pessoas e tenho perdido alguns orçamentos por não ter ideia de como calcular ao cobrar. Como devo proceder para orçar obras por etapa de construção? Almir Macedo, de Aracaju, por e-mail Orçamento, em termos resumidos, é a atribuição de valor a um produto, serviço ou conjunto de serviços. Para que se possa atribuir (ou associar) valor monetário

Conheça a rotina diária de um mestre de obras

Agenor Avelino da Silva, de 65 anos, só tem uma rotina certa no dia: o horário de chegar ao trabalho. Às 7h00 em ponto, auxilia na entrada dos operários de uma obra residencial em São Bernardo do Campo, município de São Paulo. Quando termina de indicar aos trabalhadores os serviços do dia, já não tem mais programação. “A obra não tem rotina”, garante Agenor, mestre de obras da construtora MBigucci

Certo e errado: segurança e saúde nas obras

CERTO Para se protegerem de arranhões provocados pelo aço, armadores sempre devem usar luvas ao manusear os vergalhões. Também ajuda a evitar acidentes proteger as pontas das barras expostas, como foi feito na obra dessa foto. ERRADO Não bastasse os dois colegas estarem apoiados sobre uma escada, os cintos de segurança de ambos estão fixados à mesma plataforma improvisada. São muitos riscos aos quais estão sujeitos os dois trabalhadores, que,